quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Minha reação quando leio a tradução de Marcos 4:10-15.


 Tenho vontade de ter uma síncope...  Rs.

Oi gente, espero que não entendam essa postagem de maneira negativa, pois muito mais que causar uma polêmica, ou fazer uma crítica, minha intensão principal é oferecer a vocês uma informação valiosa para quem gosta de entender a Bíblia de maneira séria e responsável. 
Recebi reclamações de alguns leitores (principalmente amigos), que apesar de estudar teologia, praticamente não toco em temas de fé ou bíblicos aqui no blog, assim que para cumprir uma promessa, dedicaremos mais frequentemente algumas postagens a assuntos teológicos, e coincidentemente, essa semana lendo essa passagem de Marcos 4, em uma aula de Novo Testamento sobre as parábolas de Jesus, por sinal, um tema que me encanta, nos deparamos com um versículo um tanto quanto estranho, que não se encaixa muito com o pensamento e ensino de Jesus Cristo, leiam comigo esse diálogo de Jesus e seus discípulos que segue a parábola do semeador: 


10 Quando se achou só, os que estavam ao redor dele, com os doze, interrogaram-no acerca da parábola. 11 E ele lhes disse: A vós é confiado o mistério do reino de Deus, mas aos de fora tudo se lhes diz por parábolas; 12 para que vendo, vejam, e não percebam; e ouvindo, ouçam, e não entendam; para que não se convertam e sejam perdoados. 13 Disse-lhes ainda: Não percebeis esta parábola? Como, pois, entendereis todas as parábolas? 14 O semeador semeia a palavra. (João F. Almeida Atualizada)

Eu escolhi essa versão porque tradicionalmente é a mais comercializada entre os evangélicos do Brasil, mas dei uma olhada em várias outras traduções (NVI, NTLH, PNT, OL, etc.), e a maioria diz o mesmo, a versão “A Mensagem” quase corrigiu o erro, mas não totalmente, e você deve estar se perguntando: “Erro? ” Sim meu povo, ERRO, voltem ao texto e leia outra vez o versículo 12, eu tive que ler várias vezes pois nem podia acreditar...

Vocês perceberam que colocaram na boca de Jesus a frase: “para que não se convertam”? Meu Deus, como assim? Jesus queria que as pessoas não se convertessem? Se a mensagem do evangelho não é justamente o contrário? Levar o povo ao arrependimento.

E bem, sem mais rodeios, lhes digo que este é um grande erro de tradução cometido pela Vulgata Latina, e que dela foi gerada praticamente todas as traduções que temos ao português, explicando um pouco melhor... A língua mãe de Jesus, era o aramaico galilaico (dialeto da Galileia), nesse idioma foi que ele falou a maioria dos seus ensinos, estes ensinamentos foram passados para o grego, idioma original do Novo Testamento canonizado, e se vamos ao texto grego, a tradução correta seria mais ou menos assim: 

11-12. E Ele lhes disse: A vocês foi dado a conhecer o mistério do reino: Para aqueles que não são meus discípulos (que não são seguidores de Jesus), foi explicado por comparações, afim de que vendo, vejam e não percebam, escutando, escutem e não entendam, a menos que, se arrependam (ou se convertam) de seus pecados e sejam perdoados.

Viram a diferença? (Inclusive este texto faz uma referência a Isaias 6:9-10), o que Jesus estava dizendo era que os discípulos, por andar com Ele, já tinham entendido o reino, mas aos demais Ele falava em parábolas, justamente com o propósito de levar as pessoas ao arrependimento, e quando estas se convertessem poderia entender as comparações das parábolas (Já que todas as parábolas tinham a intensão de falar do reino de Deus, em uma outra postagem podemos falar melhor das parábolas de Jesus).
 Só para esclarecer um pouco mais, a palavra grega transliterada como Mépote, é a palavra da confusão no texto, rs, está palavra vem da palavra aramaica (a dita pelos lábios de Jesus) Dilmah que significa “a menos que” e foi traduzida ao português como “para que não” e aí distorceu totalmente o sentido, já que em uma tradução de um idioma a outro, uma pequena partícula, pode mudar todo o sentido do texto, como vimos nesse caso.

Deus que me perdoe, mas chega a ser uma tradução satânica, dizer que Jesus não queria que as pessoas se arrependessem, misericórdia, por isso, em esses e alguns outros casos é que vemos a importância de estudar os idiomas bíblicos (hebraíco, grego, aramaíco) para um estudo sério das escrituras sagradas.

E como sempre tem aquele (a) que pergunta: Então a Bíblia está errada? Vou responder: Não criatura, o erro aqui não está na Bíblia, e sim na tradução ao português.

A nível de informação, é importante comentar que para chegar nessa conclusão, foi feito um estudo acadêmico sério, com um doutor em idiomas bíblicos, aproveito até para dizer aos que tenham alguma noção de grego, confiram esse versículo no Novo Testamento em grego.

Então... Essa foi nossa publicação de hoje, espero que tenham entendido, gostado e por favor compartilhem. Aguardo seus comentários, e se você tem alguma pergunta, ou tenha algum outro versículo que gostaria de entender melhor, manda ver aí nos comentários. Veja também essa postagem em vídeo: 







2 comentários:

  1. sensacional, maravilhoso, surpreendente. Oi querida sabe que sou uma grande fã das suas postagens teológicas kkkk, gostaria de ver textos relacionados ao apocalipses, o que significa aquele tanto de cavalo, são reais, são fabulas, comparações, nao sei bem kkkk beijão. Aguardo uma postagem voltada para o apocalipse.

    ResponderExcluir
  2. MUY BUENO, REALMENTE ACLARADOR

    ResponderExcluir

Curta nossa página no facebook

Chat Online

Siga-nos no Twitter

Cadastre seu email para Receber as Novidades:

Recentes

recentposts